Reforma da Previdência. Aposentadoria e Desemprego – Passei da Idade para o Trabalho ou Não

Reforma da Previdência. Aposentadoria e Desemprego – Passei da Idade para o Trabalho ou Não

Reforma da Previdência Como Fica Aposentadoria e Desemprego

De acordo com pesquisas recentes do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), o Brasil contou em outubro/2016 com 22 milhões de desempregados.

E diante desse cenário uma questão me veio à mente:

  1. O governo acha que sou nova para parar de trabalhar ou para me aposentar;
  2. As empresas acham que sou velha para continuar no emprego.

E aí o que eu faço?

Para isso tive que dar uma olhadinha na proposta de reforma da previdência do Governo Federal presidido por Michel Temer.

Como não quero reter nenhum tipo de informação, chamo você para “tentar” entender o que está em jogo.

Digo “tentar” porque acredito que ainda vão mexer muito nesta proposta, então não leve nada a ferro e fogo.

O Que Vem Por Aí?

Vamos ao que interessa, tire suas conclusões e converse comigo aqui nos comentários sobre a Reforma da Previdência.

De cara vemos que a ideia mínima para homens e mulheres será a mesma.

A proposta cria a idade mínima de 65 anos para a aposentadoria por idade.

Mas lembrando que enquanto as mudanças estão em discussão nenhum direito já adquirido pelos trabalhadores será retirado.

Aqueles que já cumpriram os requisitos para se aposentar atualmente não serão obrigados a se aposentar com as novas regras.

Imagina-se que no primeiro semestre de 2017 o desenho da nova proposta já esteja pronto e aprovado.

E segundo notícias, em 2018 já será sancionada e colocada em prática.

Exemplo de Aposentadoria que Pode Mudar com a Nova Regra

Reforma da Previdência Mãos Envolvendo Aposentados

Um trabalhador de 49 anos de idade com 35 anos de contribuição não poderia se aposentar pois ainda não teria os 65 anos de idade.

Ou seja, por questão de 1 (um) ano ele perderia o direito e teria que esperar mais 16 anos para se aposentar por idade.

Mas quando daqui a 1 (um) ano este mesmo trabalhador completar 50 anos de idade com 35 de contribuição sem que a reforma da previdência tenha sido aprovada, ele poderá se aposentar por tempo de contribuição.

Quem cumprir os requisitos para obter aposentadoria integral pelo cálculo 85/95 mantem o benefício garantido enquanto se discute a proposta.

Por isso, não adianta correr para os postos de atendimento caso você ainda não tenha atingido os requisitos da aposentadoria.

Fique de olho nas notícias, vá ao INSS caso você esteja próximo de adquirir o direito e esclareça suas dúvidas.

Questões Sobre a Idade Mínima

Somente a Constituição Federal/88 pode modificar questões referentes à idade mínima para concessão de benefícios.

Por este motivo, nenhuma alteração nestes quesitos poderá acontecer sem que seja através de uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional).

Por conta da grandiosidade das alterações as discussões “tendem” a se estender por muito tempo.

Mas parece que o Governo Federal quer que a aprovação ocorra ainda em 2017.

Para isso ele espera contar com o apoio 308 deputados e de 49 senadores.

Motivo mais do que justo para que fiquemos todos bem atentos.

A Quem a Reforma da Previdência Não Atinge

Somente quem já atingiu o direito de se aposentar, mesmo que ainda não tenha solicitado o benefício ao INSS;

Preparei o vídeo abaixo para explicar de forma bem didática o que está em discussão.

Reforma Previdenciária Capa do Video Meu Canal

Tire suas conclusões e se quiser faça os questionamentos aqui nos comentários que terei prazer em tentar te ajudar.

Regras Atuais de Aposentadoria (até aprovação da proposta)

  1. Aposentadoria por Tempo de Contribuição

Tem direito pelo tempo mínimo de contribuição de 30 anos (mulheres) e 35 anos (homens), independentemente da idade.

O benefício neste caso sofre redução pelo fator previdenciário

2. Aposentadoria pela Regra 85/95

O trabalhador pode se aposentar integralmente e sem desconto do fator previdenciário.

Soma-se a idade e o tempo de contribuição resultando em: 85 pontos para mulheres e 95 pontos para homens.

3. Aposentadoria por idade

Atingidos os pontos entre a idade e o tempo de contribuição exigidos conseguirá o benefício.

Exemplo: mulher com 60 anos e 15 de contribuição se aposentará integralmente com 85% da média salarial.

O Que Vai Mudar com a Reforma da Previdência?

  • Haverá idade mínima para aposentadoria de homens e mulheres que será de 65 anos;
  • O tempo de contribuição mínimo será de 25 anos tanto para homens quanto para mulheres;
  • Com a reforma os atuais cálculos para aposentadorias por tempo de contribuição e por idade deixarão de existir.

Pela proposta haverá uma única forma de cálculo: 51% da média dos salários + 1% para cada ano de contribuição.

Regras de Transição para Aposentadoria Contributiva

Para homens com 50 anos de idade ou mais e mulheres com 45 anos de idade ou mais, não será exigida idade mínima se já quiserem solicitar a aposentadoria por tempo de contribuição.

Pedágio para Pedidos de Aposentadoria na Fase de Transição

Para quem estiver na regra de transição haverá a obrigatoriedade de contribuição por mais tempo para poder se aposentar.

Mas trabalhador precisará ter o tempo mínimo de contribuição, que é de 30 anos (mulheres) e 35 anos (homens).

Além desse tempo mínimo, precisará contribuir com mais metade do tempo que faltaria para se aposentar considerando as regras atuais.

Exemplo:

Um trabalhador com 50 anos de idade e 30 anos de contribuição trabalharia mais 5 anos para aposentadoria contributiva.

Com a reforma da previdência ele precisará contribuir por mais 7 anos e meio (5 anos mais metade disso).

E nesse caso, o valor a que ele terá direito é o equivalente a 88,5% da sua média salarial.

Outro exemplo:

Uma trabalhadora com 58 anos de idade e 13 anos de contribuição trabalhará mais 2 anos na aposentadoria por contribuição.

Com a reforma da previdência ela precisaria contribuir por mais 3 anos (2 anos mais metade disso).

E nesse caso, o valor a que ela terá direito será o equivalente a 67% da sua média salarial.

Resumo da Proposta da Previdência em Tramitação para 2018

Reforma da Previdencia Alguém Será Excluído

O governo federal defende que a reforma da previdência é uma medida extrema para garantir a sustentabilidade das contas públicas.

Isso para que não ocorra um colapso de proporções devastadoras a médio e longo prazo e muitos deixem de receber.

Mas ainda há muito o que se discutir.

Sindicatos, representantes de trabalhadores ainda não se convenceram de que as alterações são realmente necessárias.

E se forem necessárias estes órgãos exigem que seja feito com muita transparência.

Atualmente o valor do benefício é calculado a partir de uma média de 80% dos salários maiores do trabalhador.

Caso a proposta seja aprovada o cálculo será pela média simples de todos os salários.

Em seguida será aplicado 51% mais 1% para cada ano de contribuição.

Especialistas acreditam que o trabalhador está perdendo valores nos cálculos dos benefícios.

Tabela Aposentadoria Integral pelas Novas Regras da Aposentadoria

Aposentadoria Integral – Reforma da Previdência
De acordo com as novas regras o trabalhador precisa contribuir por 49 anos e ter idade mínima de 65 anos para poder atingir 100% do benefício previdenciário.
Se você começou a trabalhar com: Poderá pedir aposentadoria integral com:
16 65
17 66
18 67
19 68
20 69
21 70
22 71
23 72
24 73
25 74
26 75
27 76

E Agora eu Pergunto? Passei da Idade para o Trabalho ou Não?

Reforma da Previdência Cara de Palhaço

Um trabalhador com 45 ou 50 anos são evitados pelas empresas porque já estão “velhos”.

Estes mesmos trabalhadores são evitados pelo governo no que se refere à aposentadoria porque estão muito “jovens”.

Preciso saber quem tem razão.

Por que de uma forma ou de outra o trabalhador honesto depende destes dois setores.

E como fica tudo isso?

Não sei.

A única coisa que sei é que precisamos ficar atentos, cobrar quando necessário, aplaudir quando merecerem, se merecerem.

Volte sempre aqui no blog, sempre tenho notícias atuais para você.

 

Renda Extra com Seu Negócio Online.

Pegue seu Ebook Grátis e saiba como.

Cadastre-se aqui ao lado.

Fique tranquilo. 100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

4 Comentários

  1. Izis MaraLuz disse:

    Tem razão Cezar, e acredito que é no voto que podemos rever as injustiças.

  2. Cezar disse:

    Para propor estar reformas primeiro o governo deveria fazer o seguinte;
    Todo político que aposentou novo como o Temer com 53 anos e demais alguns com menos de 10 anos de contribuição, aquela Ministra que recebe 62.000,00 deveriam devolver aos cofres públicos tudo que recebeu com juros.

    O governo deveria cobrar dos grandes devedores da previdência, os pagamentos em atrasos.

    Aí sim propor a reforma como em andamento. ou então

    Somente alterar as regras da previdência para quem está iniciando este ano a contribuir com a previdência, pois pessoas que estão desempregadas e ou ja contribuíram por tempo com quase todo o período requisitado, poderá morrer sem aposentar, pois não consegue emprego neste país e não conseguirá aposentar pois somente os políticos conseguem com 53 anos como Temer ou deputados com 8 anos de mandato.

    Também não poderá beneficiar nenhum político depois que a lei for aprovada, ou seja uma emenda reduzindo tempo para políticos e mantendo o resto para população que é a que realmente trabalha e mantém este país de pé.